domingo, 18 de outubro de 2009

Luz da Realidade

Esse foi um poema escrito num clima de revolta com uma de nossas professoras durante a aula de literatura. Estavamos nos preparando para o XI Festival Poético do CSJ, quando tal professora anuncia que os poemas devem ser escritos de acordo com o tema, pois só os que seguissem essa regra iriam ser selecionados e escolhidos para participar. E o tema pra infelicidade de muitos foi o nosso estado: Alagoas!
Muitos decepcionados fizeram sem reclamar, mas Eu, Layane e Rafael, não conformados reclamamos e dissemos que não iriamos fazer, mas se não fizessemos iriamos ficar sem pontuação alguma ¬¬... Então eu revoltada, tive um ideia, ao invés de fazer uma poesia falando sobre as belezas do nosso estado, resolvi fazer um poema critico (o que é muito raro). Então ao saberem o que decidi fazer, Rafael e logo após Layane, juntaram-se a mim para fazermos um poema em parceria! E foi exatamente este abaixo que saiu...
O XI Festival Poético do Colégio de São José ocorreu ontem, tendo seu inicio às 19:45 da noite. Primeiro o Ensino Fundamental inteiro se apresentou, depois algumas danças e musicas, e finalmente a apresentação do Ensino Médio. Fomos, além de autores, interpretes da nossa poesia, a 5ª poesia a ser declamada durante esta noite.
O nervosismo tomou conta de todos, mas conseguimos com sucesso declama-la e interpreta-la com sucesso!

1º Lugar : Roberto (3º ano B)
poesia:

2º Lugar: Antonielle, Layane e Rafael (3° ano A)
poesia: Luz da Realidade

3° Lugar: Felipe Rosa (2° ano )
poesia:


Luz da Realidade
Alagoas, terra decadente
Sem Valorizar nossa cultura,
sem valorizar a nossa gente!
Onde há uma miséria persistente
da hipocrisia governamental,
Venda intensional do descaso cotidiano e da pobreza espiritual.
Mostra-te Oh!Alagoas
na realidade quem és!
O pesadelo que circunda as cabeças
indiferentes do Presidente do estado e do "Dono" do ESTADO
O direito a Liberdade Individual de escolha se dispersa
e a sociedade retentora dos poderes
Toma as rédias das pobres mentes hipnotizadas pelos chacais da mídia
Pobreza influênciada pelos mesmos
Alienação evidente para camada politizada
Oh Morbida Alagoas!
Reconhecida pelas praias e pelo analfabetismo
Pelo Djavan e pelas "Grotas do Fracasso"
Onde a luz da realidade é ofuscada no caminho às conciências
Mantendo a escuridão Ininterrupta
Distiguindo o Sobral da Ponta Verde...
Compulsiva e contínuia
Anomalía do passado!
(Antonielle [ ††Lady Dark†† ], Layane Araújo, Rafael Matías)