sexta-feira, 20 de agosto de 2010

O maior absurdo! - Góticos? Líder do Crime confessa pacto e assassinato

Gente estou indignada!
Acabo de ver a reportagem completa sobre o carinha que matou aquela estudante dentro do cemitério e tomou seu sangue. Ele se diz gótico! Isso é um absurdo... ele é simplesmente um marginalzinho de quinta colocando a imagem do movimento no lixo!
Sou gótica sim, conheço pessoas góticas que fazem parte da Subcultura e têm muito orgulho disso(sem medo de assumir e admitir) e eu sei que jamais fariam isso, pois são pessoas honestas e que têm uma cabeça aberta. Agora... Se ele é influenciado por uma simples historinha de vampiro (que por sinal é uma merda) que está na mídia com frequência, não coloque a subcultura no meioo! ¬¬"

1º - O movimento gótico em momento algum prega a prática de ilícitos penais;
2º A diminuição da maioridade penal não resolverá o problema da criminalidade do país, muito pelo contrário, só gerará um novo ainda pior do que esse;
3º O descaso do Estado com relação às pessoas que se veem obrigadas a morar na periferia é também responsável por esse tipo de crime;
4º A verdadeira "febre" que toma conta do país devido a literatura com o foco na figura do vampiro não pode ser responsabilizada por tamanha barbárie do crime em questão. O assassinato tomou essa roupagem mas ele aconteceria mesmo se nunca tivéssemos ouvido falar em vampiros!!!!!!

Aqui segue a reportagem dele assumindo:

De acordo com o delegado Eduardo Rollo, diretor da Divisão de Homicídios da Polícia Civil, o depoimento de uma testemunha, ocorrido no último dia 12 de agosto, também foi determinante para a elucidação do caso do grupo que matou uma garota no cemitério do Bengui, após rituais satânicos e claros indícios de homofobia. “Essa pessoa afirmou que um dos integrantes do grupo a revelou que haviam cometido o crime e, para isso, fizeram pactos satânicos”.

Diante das provas, somente na madrugada de ontem Ezequiel confessou ter participado da execução de Cíntia, bem como descreveu detalhes sobre o assassinato. Dentre alguns, ele disse que a vítima foi atraída para o cemitério pela adolescente na qual a vítima havia se apaixonado, sob a alegação de que seria um local mais reservado, mais discreto para o encontro. Lá, iniciou-se uma troca de beijos e carícias, de maneira que a vítima passou a ser estrangulada pela adolescente assediada.

Em seguida, Ezequiel e o outro adolescente aproximaram-se e desferiram vários socos e chutes em Cíntia. Depois, eles aplicaram diversos golpes na cabeça dela com uma cruz retirada de um túmulo. Após certificar-se de que Cíntia estava morta, Ezequiel mordeu uns dos braços da vítima. “Ele afirma ter feito isso para deixar sua marca na vítima”, revelou o delegado Rollo.

Entretanto, durante as revelações, Ezequiel não confirmou que o outro adolescente envolvido no crime bebeu o sangue da vítima, apenas teria chupado os vestígios do líquido que ficaram nas luvas utilizadas para arrastar o corpo até a cova.

Inclusive, ele informou que esse material foi comprado no dia anterior ao crime, assim como uma garrafa de vinho – objeto mencionado pela reportagem do DIÁRIO, em matéria publicada referente ao assassinato, que ocorreu no dia 21 de julho.

Vale ressaltar que a matéria também destacou o fato do objeto ter sido encontrado juntamente com um chip de telefone celular, próximo de uma extensa mancha de sangue, durante uma vistoria de policiais militares.

Adolescentes prestam depoimento e tentam inocentar Nancy

Os dois adolescentes que teriam participado do assassinato da estudante prestaram depoimento durante todo o dia de ontem, à promotora de Justiça da Infância e Adolescência, Rosilene Lourinho.

A menina de 15 anos foi a primeira a ser ouvida, em um processo que começou às 13h30 e terminou às 16h. Já o garoto, de mesma idade, começou a prestar o depoimento às 17h com o fim às 19h30. Segundo a promotora Rosilene, no depoimento prestado pelos adolescentes, houve várias contradições.

“Eles foram contraditórios. Cada um contou sua versão para se beneficiar”, disse.

Apesar das informações desencontradas, existiram pelo menos dois pontos em comum. Um deles é de que o principal responsável pela morte da jovem é Ezequiel e o outro é de que Nancy não estava no local no momento do crime. Somente os três estariam no local.

CONFISSÕES

No depoimento da jovem de 15 anos, ela confessou estar no local e ter visto a ação criminosa, mas a garota afirmou que não teve participação ativa. Já o garoto também confessou que estava no local, e disse ainda que participou da ação, ajudando a matar Cíntia.

A audiência de apresentação dos menores deve ocorrer amanhã pela manhã no Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente.

Segundo a promotora, o inquérito deve ser concluído em 45 dias, a contar da data da apreensão dos adolescentes.

Aviso de fuga fez polícia agir

De acordo com o delegado Eduardo Rollo, a visualização de uma atualização de uma conta de um site de relacionamento na internet, cuja identificação era Lord Bloody Angel (Anjo Sanguinário, em inglês), foi decisiva para que a Divisão de Homicídios viabilizasse junto à Justiça, de forma célere, a decretação das respectivas prisões e apreensões temporárias dos quatro integrantes do suposto grupo “gótico”.

No conteúdo da atualização, postada no dia 13 de agosto (tinha  que ser dia treze neh?) e administrada por Ezequiel Calado - conforme apontaram as investigações realizadas pela polícia - constava a seguinte frase: “Aquele que assumirá as coisas daqui pra frente, assumirá a minha casa e ficará nela por um tempo. Não sei onde vou estar... mais vou...”. Segundo a autoridade policial, nas entrelinhas dessa frase Ezequiel acenou no sentido de fugir de Belém, ou do Pará. Por fim, a Justiça expediu os mandados anteontem, o que acabou sendo cumprido no mesmo dia.

 (Reportagem retirada do Diário do Pará)

The Agonist - thank you pain

Esse é um dos Videos que eu mais gostei do The Agonist( conheci a banda ñ faz muito tempo mas ameiii d+) do albúm Lullabies For The Dormant Mind... Aproveitem !!!

PS: Me interessei pelo video pq ele fala sobre julgamento *-* (agora q to na facul fiquei até mais interessada pelo assunto)


segunda-feira, 9 de agosto de 2010

(In)Sanidade


Sangue que escorre pelo coração
Fere minha decisões com arrependimento
Tão amargo como minha pobre decisão
De sobreviver ao seu silêncio 
Já não compreendo minhas palavras
Que me cobrem de lembranças inúteis
E tão severas, frutos de minhas escolhas
Erradas ou forçadas pelo realismo
Então recorro a lua
Tão fria, mas desesperadamente doce
Ela traz meus sorrisos de infância
Em Flashes de pensamentos sóbrios
Poucos e Inseguros, confortam minha alma
Mas torno a sangrar, morrer por dentro
Como  tudo em mim, cadáveres do tempo
E só seu olhar me alimenta
De modo que eu sobreviva
Apenas pra te amar mais um instante
Oh, meu querido, dê-me um pouco de (in)sanidade
Para que eu lute contra o fantasma da noite
Aquele que traz mensagens suas
E de outros vermes
Que se saciam de minha bondade
Tais quais têm meu desprezo e silêncio
Então te peço
Empresta-me tua frieza ou displicência
Para que eu adormeça
E não tenha que acordar novamente
Descobrir que o voo da loucura
Reservou para mim um novo conto de fadas
Com destino à solidão
Meu traje negro desenhado com decepção
E minha lágrima a beijar
Meu ultimo adeus
ao mundo dos Insanos.

(Poesia de : Ivana Monteiro Nicácio)
Perfil do Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=6030380716204863528
Twitter: http://twitter.com/nananicacio  => @nananicacio